Notícias do seu Bairro
21.mai.2021
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Conheça os melhores Parques da Zona Norte de São Paulo

Os parques Zona Norte São Paulo indicados por especialistas, moradores e amantes de áreas verdes

Imagem Conheça os melhores Parques da Zona Norte de São Paulo
Logo Copiar Blog Notícia

Tirar um tempo para recarregar as energias, exercitar-se, ter mais contato com a natureza é essencial para a manutenção da saúde e bem-estar. Em cidades como São Paulo, que o ritmo é acelerado e as tarefas parecem multiplicar diariamente então, torna-se vital.

Com isso, os parques da capital são um dos locais favoritos dos paulistanos como válvula de escape. Aliás, espaços verdes e recheados de história não faltam por aqui. Por isso, vamos te mostrar neste artigo alguns dos melhores parques Zona Norte de São Paulo, região que fica localizada ao lado da Serra da Cantareira e por isso tem diversos parques à disposição com muito da fauna e flora da Mata Atlântica a oferecer. Confira!

 

1.  Horto Florestal

O parque Estadual Albert Löefgren, conhecido popularmente como Horto Florestal, ocupa uma área de 1.740.000m² de área verde, representando com esplendor uma grande parte da Mata Atlântica em São Paulo.

Nele os visitantes podem encontrar durante as caminhadas macacos-prego, capivaras, esquilos, garças, tartarugas, guaxinins, patos, gansos, entre outros animais da fauna. E apreciar as belas paisagens, com lagos e bicas d’água potável, que brotam de seu solo, compondo o cenário.

O parque integra-se a Serra da Cantareira e ao Cinturão Verde da metrópole, sendo um importante parque com viés urbano e um dos mais visitados do Brasil.

Mais atrações: Com trilhas interpretativas, oficinas, teatro de fantoches, playgrounds, as crianças têm muitas opções de entretenimento, assim como a terceira idade, que possui espaço e equipamentos de ginástica para atividades voltadas ao seu bem-estar.

Há também espaço para piqueniques e prática de diferentes esportes, campos de futebol, quadra poliesportiva, pista de cooper.

Pets e bicicletas não são permitidos no parque, exceto bicicletas infantis e quadriciclos.

Um pouco da história:  O Horto Florestal foi criado em 1986, pelo naturalista e botânico sueco Alberto Löfgren, após a desapropriação do Engenho Pedra Branca. Em 1963, o Horto Florestal recebeu o status de Parque Estadual e vinte anos depois toda área foi tombada pelo CONDEPHAAT. Nesse mesmo ano parque recebeu o nome de seu idealizador.

O endereço do Parque é Rua do Horto, 931 - Horto Florestal - VEJA GOOGLE MAPS

Telefone: (11) 2231-8555- Ramais: 2028 / 2182 / 2056

Horário de funcionamento: das 6 às 18h, de segunda a domingo.

Mercado Imobiliário: os bairros do Horto Florestal e do Tremembé são sem dúvida, os bairros com maior cinturão verde de toda Capital Paulista. Por isso as Casas à venda e os Condomínios Fechados à venda no Horto Florestal  tem a maior média de pesquisa por oferta de toda Zona Norte (buscas ÷ ofertas = média).

Veja o valor do metro quadrado clicando aqui: m² Casas no Tremembé o o m² Casas Horto Florestal

 

2. Parque da Cantareira

O parque da Cantareira é de encher os olhos, pela diversidade e todos os tons de verde de sua mata, fauna e flora presentes. Localizado ao lado do Horto Florestal, este possuiu uma das maiores áreas de mata tropical nativa em São Paulo. São 7.900 hectares e o parque é dividido em quatro núcleos: Pedra Grande – com vista panorâmica para a Zona Norte de São Paulo – Engordador, Águas Claras e Cabuçu, que também possuem suas peculiaridades.

ATENÇÃO:  A maior atração do parque é à vista da Pedra Grande de São Paulo. Aconselhamos portar um bom calçado, levar sanduíches (não tem estrutura), garrafa de água de 500 ml (tem locais de abastecimento). Chegar o mais cedo possível, pois a subida é de 3,5 quilômetros bastante íngremes. Não se esqueça de que terá a volta com mais 3,5 quilômetro de descida. O segredo é ir devagar e sempre.

Animais como macacos bugio e prego, caxinguelês, quatis, veados-mateiros, bichos-preguiça, catetos e lagartos-teiú são vistos pelos visitantes enquanto passeiam, já em locais menos acessíveis, há onças pardas e cobras. O parque abriga cerca de 200 espécies de aves e espécies ameaçadas de extinção, como a jaguatirica, o gato-do-mato, o bugio, o macuco, bacurau-tesoura-grande, o jacuguaçu e o gavião-pomba. Quanto à flora, possui exemplares de sacambú, açoita-cavalos, cedro rosa.

Um pouco da história: A inauguração do parque ocorreu em 1962, porém, apenas em 1968 foi oficializada sua criação (nº 10.228/68). Na época, o Parque era denominado Parque Turístico da Cantareira, mas em 1986 passou a se chamar Parque Estadual da Cantareira.  A UNESCO o declarou como parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo em 1994.

Cantareira, que dá nome a Serra e ao Parque, surgiu por causa dos vasos de barro, chamados cântaros. Eles eram utilizados para armazenar as águas recolhidas das nascentes e córregos da região e depois de cheios, eram colocadas em prateleiras, estas chamadas Cantareiras.

O endereço do Parque é Rua do Horto,1799 - Horto Florestal - São Paulo - VEJA GOOGLE MAPS

Portaria Núcleo Águas Claras (menor distância para Pedra Grande) Av. Sen. José Ermírio de Moraes, s/n - Sítio Barrocada, Mairiporã - SP, 07600-000 - VEJA GOOGLE MAPS

Telefone: (11) 2203-0115

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, sábado e domingo. ATENÇÃO: Não abre em dias de chuva.

Mercado Imobiliário: No pé do Parque da Cantareira tem o bairro do Tremembé. O bairro tem ruas imersas em vários pontos que beiram o Parque Cantareira, o Horto Florestal e a estrutura gigantesca da Polícia Militar (Romão Gomes, Canil, Quarteis). Por isso, muitas Casas à venda no Tremembé, Vila Irmãos Arnoni, Vila Pedra Branca, Vila Rosa, Vila Santos são muito valorizadas.  

O mercado imobiliário da Serra da Cantareira também é muito pujante com suas Casas à venda na Serra da Cantareira ou nos Condomínios Fechados na Serra da Cantareira

 

 

3. Parque da Juventude

Composto por três ambientes:  Parque Esportivo, Parque Central e o Parque Institucional, o local com 240 mil metros quadrados, localizado no bairro de Santana, além de tudo, é uma ressignificação do seu passado. Até 2002, o espaço sedimentava o complexo penitenciário Carandiru, que foi palco de grandes tragédias.

Mais atrações:  O parque tem ampla área verde, instalações para práticas de esporte, espaço canino e espaço aberto para shows e eventos. Além disso, abriga a Biblioteca de São Paulo, a Escola Técnica Estadual (ETEC) e o programa de inclusão digital do Governo Estadual, o Acessa São Paulo.

Na parte esportiva têm quadras, pistas de skate e patins e pista de cooper, na Central há práticas de modalidades como o arvorismo e na Institucional são oferecidos cursos e oficinas.

Um pouco da história:  A penitenciária Carandiru, conhecida como a maior da América Latina, deixou de existir em 2002, dando lugar para uma nova página da história regional, em 2002, um espaço de cultura, educação e bastante verde.

 O projeto arquitetônico do parque foi concebido pela famosa arquiteta-paisagista Rosa Kliass, uma das mais importantes figuras do paisagismo brasileiro moderno e contemporâneo, e trabalhou nele com o escritório Aflalo & Gasperini, dos sócios Gian Carlo Gasperini, Luís Felipe Aflalo Herman e Roberto Aflalo Filho, que desenvolveram os edifícios.

Há vestígios do antigo complexo em várias partes do Parque, como as ruinas de construções inacabadas, os antigos muros e a passarela de vigia, que foram mantidos como marca histórica. 

O endereço do Parque Juventude é Avenida Cruzeiro do Sul, 2630 – Santana - VEJA GOOGLE MAPS

Telefone: (11) 2089-8600

 Horário de funcionamento: das 6h às 22h, de segunda a domingo.

Mercado Imobiliário: O bairro de Santana é considerado o mais pesquisado de toda Zona Norte quando se fala dos Apartamentos à venda em Santana ou para Alugar em Santana.

As pesquisas de Casas à venda em Santana e Casas para Alugar em Santana também possuem alto índice de pesquisa. O bairro possui o valor do metro quadrado mais alto de toda Zona Norte. Veja pesquisa clicando: m² Aptos Santana e o m² Casas Santana

 

4. Parque do Trote

O parque do Trote é conhecido em geral como uma unificação do Parque Vila Guilherme. Ambos totalizam uma área verde com aproximadamente 185.000m².  Entre as principais características do local, temos a originalidade arquitetônica e sua fauna composta por 88 espécies, sendo 67 de aves.

Mais atrações:  Além das áreas ajardinadas, bosques, o campo e o jardim dos sentidos, o parque disponibiliza área de lazer, diversão e espaço para atividades físicas, como aparelhos de ginástica, pista de cooper, de corrida, ciclovia, playgrounds, quadras poliesportivas. Pode-se fazer piqueniques e há churrasqueiras no espaço.

Cães são permitidos, mas precisam estar com coleiras e guias.

 Um pouco da história:  estabelecido no antigo Club Hypico, construído em 1937, o terreno foi vendido após a morte do proprietário, em 1944 e passou a ser a Sociedade Paulista do Trote era frequentado pela elite paulistana.

 O nome Trote é por causa da modalidade praticada no local, onde o cavalo dispara puxando o sulky, que é um tipo de charrete bastante leve. Se o animal, durante a corrida, mudar sua andadura, deixando de trotar, é desclassificado.

 A Prefeitura decidiu transformar o espaço em um parque público em 2002, quando os trotes deixaram de ser disputados, mas preservou suas instalações. No ano de 2004, o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (CONPRESP), iniciou seu processo de tombamento.

O parque fica na Avenida Nadir Dias de Figueiredo, s/n - Vila Guilherme- VEJA GOOGLE MAPS

Telefone: (11) 2905-0165

Horário de funcionamento: das 5h30 às 20h, de segunda a domingo.

Mercado imobiliário na região: Os bairros da Vila Maria e Vila Guilherme estão crescendo exponencialmente nos últimos anos. Após solucionarem os problemas das enchentes anos atrás, os bairros começaram a lançar diversos empreendimentos na planta, ampliando o mercado da Venda de Apartamentos na Vila Maria e na Vila Guilherme. O mercado da Venda de Casas na Vila Maria e Vila Guilherme também são bastante fortes.

A locação também é destaque no bairro. Os mais procurados são as Casas para Alugar na Vila Maria e na Vila Guilherme

 

5. Parque Anhanguera

Com área total de 9.500.000m², o Parque Anhanguera, que fica no bairro Perus, é o maior parque e área protegida de São Paulo, possuindo, como os demais, bastante do bioma da Mata Atlântica. Sua vegetação predominantemente eucaliptal e espécies típicas de cerrado, entre outras características do ambiente e de sua composição, como áreas ajardinadas e horto de plantas medicinais.  O parque está conectado aos parques Estadual do Jaraguá e o Estadual da Cantareira.

São 400.000 m² permitidas a visitação, as demais são restritas para proteção do ecossistema e diversidade biológica

Mais atrações: O espaço conta com trilhas para caminhada, viveiros, orquidário, quadras poliesportivas, ciclovia, campos, aparelhos para alongamentos, churrasqueiras, playgrounds, anfiteatro, e locais que são permitidos churrascos e festas. Sem contar o Bosque da Leitura realizado e o Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres (CeMaCAS).

 Um pouco da história: Inaugurado em 1979, o parque surgiu de uma área remanescente do sítio Santa Fé, antiga fazenda de reflorestamento. Foi adquirido pela prefeitura em 78.

O parque está no endereço Avenida Fortunata Tadiello Natucci, 1000 - Perus - VEJA GOOGLE MAPS

Telefone: (11) 3917-2406

Horário de funcionamento: das 6h às 18h.
 

Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Por que contar com uma assessoria no financiamento imobiliário?
Próximo Post >
Como Mei pode comprovar renda no financiamento imobiliário?