Notícias do seu Bairro
08.nov.2015
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Zona norte e a diversidade

Nenhuma região da cidade tem tantas opções

Imagem Zona norte e a diversidade
Logo Copiar Blog Notícia
Diversidade pode ser a palavra-chave para a Zona Norte de São Paulo">zona norte. No que diz respeito ao mercado imobiliário, isso é mais do que verdade. Quem anda pelos bairros da região pode observar isso com muita facilidade. Aliás, uma diversidade que, de certa forma, não se vê tão grande em outras localidades da Capital.

Se não vejamos. Bairros como Santana">Alto de Santana, Jardim São Paulo">Jardim São Paulo, Tremembé">Parque Palmas do Tremembé, Serra da Cantareira">Serra da Cantareira, Jardim Barro Branco, Jardim Floresta, Jardim São Bento, City América, Jardim Guapira e Jardim França, considerados de alto padrão na zona norte convivem bem, perto com bairros de classe média, como Tucuruvi">Tucuruvi,Mandaqui"> Mandaqui, Freguesia do Ó">Freguesia do Ó, Limão">Limão, Vila Galvão, Imirim, Chora Menino e Casa Verde">Casa Verde. Além disso, Parada Inglesa">Parada Inglesa, Água Fria, Santa Teresinha">Santa Teresinha, Lauzane Paulista e Vila Ede passaram recentemente por mudanças de perfil socioeconômico. E não podemos esquecer que se encontram favelas em áreas mais periféricas, como às margem do Rio Tietê e nas encostas da Serra da Cantareira e do Pico do Jaraguá.

Ou seja, a zona norte é feita para todos os gostos. Agora, outra novidade dos últimos anos, o Minha Casa, Minha Vida, e as moradias populares encontraram na região um público ávido e terrenos disponíveis para isso. 

A mais nova notícia partiu do governo estadual, que recentemente anunciou o começo das obras de 592 moradias na região, mais precisamente no bairro Vila Zat. As novas moradias serão construídas em parceria com o governo federal, no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida - Entidades, e com a Prefeitura de São Paulo.

Isso mostra todas as possibilidades da zona norte. Seja alto padrão, classe média ou casas populares, a região tem força e mostra que a crise, se existe, tem como passar ao largo dos seus bairros.


Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
ZN Imóvel presenteia crianças carentes de Guarulhos
Próximo Post >
Tucuruvi: um bairro completo