Mercado imobiliário
22.fev.2017
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

João Doria conversa com empresários do ramo imobiliário

Programas de habitação estão entre as metas do Prefeito

Imagem João Doria conversa com empresários do ramo imobiliário
Logo Copiar Blog Notícia
Na tarde desta quarta-feira, 22 de fevereiro, de 2017, o Sindicato da Habitação de São Paulo - Secovi recebeu o em sua sede o prefeito, João Doria Jr. para sua primeira reunião política Olho no Olho.

"É uma honra muito grande receber o prefeito aqui em nossa sede hoje e com recorde de todos os tempos. Tenho acompanhando a administração transformadora que estamos tendo na cidade de São Paulo. É uma gestão com dedicação, intensidade e contagiante. Quando estamos pertos, sentimos essa energia positiva, essa vontade de construir uma nova cidade, um novo estado, um novo país. Um futuro diferente para todos nós", declarou Flavio Amary, presidente do Secovi.

O evento bateu recorde com mais de 560 empresários, diretores e políticos presentes para acompanhar a reunião-almoço com o prefeito, eleito com no primeiro turno com 53% dos votos. Na ocasião, Doria falou sobre suas ações à frente da prefeitura paulistana. Entre elas a recuperação de parques na cidade, Corujão da Saúde, Cidade Linda, Ponte Estaiada e Revitalização do Centro.

Ao falar sobre a Habitação Popular, o prefeito enalteceu a parceria das ações realizadas com o governo de São Paulo. "Desde o primeiro mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso é a primeira vez que temos uma ação integrada com o Governo Federal, Governo Estadual e o Governo Municipal. Nenhum desses três governos tem o viés ideológico de sobreposição partidária em suas ações. É ação naquilo que é preciso promover, fazer e realizar em prol da população. Então, isso facilita muito a relação governo federal, estadual e municipal. É uma facilidade para acelerar o processo. E assim evita atritos, reduz burocracia e atende a necessidade da população."

Programas de habitação popular estão entre as metas da prefeitura. "Ontem tivemos uma ótima reunião com Ministro das Cidades, o Bruno Araújo, que já determinou apoio, inclusive financeiro para os programas de habitação popular em São Paulo."

Quando perguntado sobre os ajustes da Lei de Zoneamento e o Plano Diretor, o prefeito garantiu criar estímulos para a construção civil. "A cidade precisa de investimentos para gerar empregos na construção civil, gerar novos negócios e gerar benefícios que garantam a expansão no desenvolvimento urbano da cidade e no desenvolvimento social. Precisamos criar estímulos para que a construção civil volte a ser reativada e empregos serão gerados. Empregos em abundância a cada obra que for ser realizada na cidade." 

O presidente do Secovi enalteceu o trabalho desenvolvido pelo prefeito. "A gente percebe que a forma de como fazer política, como gerir uma cidade do prefeito João Doria Jr. vai fazer impacto em várias cidades. E o momento que vivemos é muito oportuno. A luz no fim do túnel que se aproxima. Acreditamos que até o final do ano vamos ter a perspectiva mudada com a economia estabilizada. E aí não vai ter imóvel para todo mundo e quem comprar imóvel antes vai conseguir fazer um bom negócio. Quem tomar a decisão hoje vai fazer o melhor negócio que pode ser feito nos últimos anos", comentou Flavio Amary, presidente do Secovi.

Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Prefeito João Doria e a visão dos empresários
Próximo Post >
Bairros paulistanos dão asas à imaginação no carnaval