Notícias do seu Bairro
23.jun.2014
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Jaçanã não perde o trem da valorização

Famoso por versos de Adoniran Barbosa, bairro mostra que o trem não para às 11 e traz progresso

Imagem Jaçanã não perde o trem da valorização
Logo Copiar Blog Notícia

Jaçanã">Jacana"Não posso ficar nem mais um minuto com você / Sinto muito, amor, mas não pode ser. / Moro em Jaçanã... se eu perder esse trem, que sai agora às onze horas / Só amanhã de manhã (...)". Os versos de Adoniran Barbosa deixaram o bairro da zona norte famoso no Brasil inteiro, mas mostrou uma pseudorrealidade (pseudo, pois o poeta tomou de a liberdade de contar uma realidade que não existia) e a fama, no passado, não rendeu frutos para o mercado.


No passado, pois nas últimas décadas, o Jaçanã cresceu e se valorizou. De acordo com o Censo de 2010, o bairro tem quase 92 mil habitantes e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,816, o 65º entre todos os bairros da Capital.


De acordo com o Zona Norte de São Paulo" class="imovel-linkB">Portal ZN Imóvel, o metro quadrado de um terreno no bairro pode chegar a R$ 2,3 mil, mas tem média de preço girando em quase R$ 1,5 mil. Já para um apartamento com duas vagas de garagem (a pesquisa do portal computa a vaga, pois considera a área total do imóvel), a média é de R$ 3,9 mil, com variações entre R$ 3 mil e R$ 5,5 mil o metro quadrado.


Apesar de não possuir uma estação de metrô e a estação de trem - famosa pela música - ter sido desativada em 1965 (aliás, essa estação foi a grande responsável pelo crescimento residencial do bairro), o Jaçanã é bem servido de transporte público. O comércio local é forte, embora a proximidade com o Tucuruvi faça com que a população local tenha fácil acesso ao shopping do bairro.


A falta de uma linha de metrô ou de um comércio mais forte possa, em primeira análise, fazer com que o bairro não seja interessante para o mercado é justamente nisso que reside o seu principal fator. O sossego que ainda impera no bairro é o seu maior chamariz. Isso e um preço de terreno ainda convidativo são os chamarizes do setor e a principal busca de quem quer comprar no Jaçanã. Quem vai querer perder esse trem?



Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Mercado imobiliário: O que esperar do novo Plano Diretor?
Próximo Post >
Mercado imobiliário: Crédito tem o melhor abril em 20 anos