Mercado imobiliário
15.fev.2016
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Caixa suspende financiamento imobiliário do Pró-Cotista

Crédito do banco privado é opção para comprar imóvel

Imagem Caixa suspende financiamento imobiliário do Pró-Cotista
Logo Copiar Blog Notícia
A Caixa Econômica Federal anuncia suspensão do financiamento imobiliário da linha de crédito Pró-Cotista que utiliza recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS para aquisição de imóveis residenciais novos ou imóveis usados avaliados até R$ 400 mil. 

O banco informou via nota que não está autorizado a financiar novas operações nessa modalidade especifica até que exista suplementação de recursos e autorização por parte do Ministério das Cidades.

A CAIXA reforça que todas as operações aprovadas estão sendo honradas normalmente pelo banco. Todas as demais linhas que utilizam recursos do FGTS e SBPE estão sendo contratadas normalmente. 

A Caixa Econômica é a principal instituição financeira do segmento. E desde o início do ano passado, o banco vem anunciando medidas que parecem dificultar a vida dos brasileiros para realizar o sonho da casa própria. Mas, então, será que esse sonho ficou mais distante? 

Não! A Caixa não é a única opção no mercado. Os bancos privados se tornaram uma excelente alternativa para aqueles que desejam conquistar a casa própria

O financiamento direto com as construtoras também é uma possibilidade para conquistar o sonho da casa própria. Por exemplo, a Cyrela e a MBigucci financiam 80% do preço do imóvel. Outra opção que tem se destacado no mercado é o consórcio de imóveis

A Caixa oferece o Programa Minha Casa, Minha Vida. Criado em 2009, o projeto visa subsidiar a aquisição da casa própria para famílias com renda até R$ 6.500,00 com taxas de juros de até 8%. Para 2016, o governo já anunciou mudanças no programa que vai beneficiar mais famílias.

Comprar um imóvel exige estudar o mercado, realizar pesquisas e, principalmente, fazer simulações nas instituições financeiras. E a tendência para 2016 é um ano mais cauteloso e de negociações para todos os lados.  

Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Mercado Imobiliário terá de se reinventar em 2016
Próximo Post >
Uma notícia ruim ou uma oportunidade