Mercado imobiliário
26.mar.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Bancos privados com as melhores taxas de financiamento

É preciso estudar todas as condições, exigências e analisar

Imagem Bancos privados com as melhores taxas de financiamento
Logo Copiar Blog Notícia

Na hora de escolher o banco ideal para financiar a casa própria é preciso estudar todas as condições, exigências e analisar as melhores taxas. da Durante muito tempo, a Caixa Econômica Federal foi o maior financiador imobiliário do país e à opção mais barata para adquirir o crédito.

Porém, nos dias de hoje, essa realidade mudou. Nesse primeiro semestre de 2018, o Santander, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil apresentam as melhores taxas para o financiamento imobiliário.

É muito importante ficar atento com o valor das taxas de juros, pois são determinantes para indicar o custo do financiamento. Uma taxa de juros mais alta será o suficiente para aumentar o valor da prestação e consequentemente o montante final que você terá de pagar.

O nível de relacionamento do cliente com o banco interferirá na cota e taxa de juros da contratação do crédito imobiliário. Por isso, é importante consultar mais de uma instituição bancária e avaliar as melhores alternativas de financiamento.

Pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), a Caixa Econômica Federal financia até 80% dos novos imóveis e 50% dos usados. A taxa mínima é de 10,25% a.a. + TR e máxima é de 11% a.a. + TR.

Opções de Financiamento do Banco Caixa

O Banco do Brasil financia até 80% do valor de avaliação ou compra e venda, no que for menor. As taxas de juros são a partir de 9,24% a.a. + TR e podem ser flexibilizadas de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

Opções de Financiamento do Banco Caixa

O Bradesco também financia até 80% do valor do imóvel residencial, novo ou usado e o prazo do financiamento imobiliário é até 30 anos para pagar. Taxa de juros a partir de 9,30% ao ano + TR.

Opções de Financiamento do Bradesco
Máximo de Financiamento
80%
Taxa de Juros (SFH)
A partir de 9,30% ao ano + TR
Compromentimento máximo da Renda
30%
Prazo Pagamento
30 anos
Sistema Amortização
SAC e Tabela Price

No Itaú, o percentual de financiamento máximo é de até 82% do valor do imóvel, com valor mínimo de R$ 80 mil. As taxas são a partir de 9% a.a + TR, de acordo com o relacionamento e o histórico do cliente com o banco.

Opções de Financiamento do Itaú
Valor do Imóvel
a partir R$ 100 mil
Valor do Financiamento
Valor mínimo de R$ 80 mil
Máximo de Financiamento
82%
Taxa de Juros (SFH)
A partir de 9% ao ano + TR
Renda Mínima Necessária
Até 35%
Prazo Pagamento
Até 30 anos
Sistema Amortização
SAC e Tabela Price

Já no Santander o percentual máximo é de até 80%. O financiamento permitido para imóveis com valores a partir de R$ 90 mil e com valor a partir de R$ 60 mil. Com taxas de juros a partir 9,49% ao ano. O comprometimento máximo de renda pode ficar entre 30% e 35%, mas varia de acordo com a análise de crédito.

Opções de Financiamento do Santander
Valor do Imóvel
a partir R$ 90 mil
Valor do Financiamento
a partir de R$ 60 mil
Máximo de Financiamento
80%
Taxa de Juros (SFH)
Variam de 9,49% a 12% ao ano
Renda Mínima Necessária
R$ 2,5 mil composta
Prazo Pagamento
Até 35 anos
Sistema Amortização
SAC e Tabela Price

*Informações enviadas pelas assessorias das instituições bancárias em março de 2018.

Fonte:
ZN Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Norte de São Paulo
www.znimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Como decorar um apartamento alugado?
Próximo Post >
Como declarar o imóvel no Imposto de Renda?